segunda-feira , dezembro 18 2017
Home / Eventos / Movimento mais paracatu mostra economia gerada junto ao poder legislativo em 2017

Movimento mais paracatu mostra economia gerada junto ao poder legislativo em 2017

Reunião realizada nesta ultima segunda feira (19/06) às 11h30min na Câmara Municipal do município, no gabinete do presidente da Câmara Sr. Ragos de Oliveira, comprova força do Movimento Mais Paracatu e Observatório Social.

Em 2016 o Movimento Mais Paracatu iniciou os trabalhos frente ao Município, lutando por Moralização na política e Redução dos Gastos Públicos, hoje o município colhe os frutos desta movimentação, que se tornou história na região.

Em conversa com o presidente da Câmara os integrantes do Movimento Mais Paracatu e Observatório social buscam saber a destinação da Verba Indenizatória (popularmente conhecida como verba de gabinete), e tem confirmação de que este valor economizado, sendo aproximadamente R$ 1.400.000,00 (um milhão e quatrocentos reais), será realmente investido no município.

O Valor advindo da economia gerada pela eliminação da verba de gabinete será utilizado na reforma de escolas publicas e terá a fiscalização direta da Câmara na execução dos Trabalhos.

5477f656-9428-4033-9816-0641f130c5be

“Essa conquista é importante para o município, tendo em vista que mostra um poder legislativo mais consciente, fazendo os recursos do povo voltar ao próprio povo”- Disse sucintamente o presidente do Movimento Mais Paracatu Senhor Marcus Plauto.

O Movimento Mais Paracatu ainda tem como pleito inicial de trabalho: a mudança de horário de reunião da Câmara de 15h00min para as 18h00min, a redução da quantidade de vereadores de 17 para 11, “enxugamento” do estado e fortalecimento da população, gerando sobra de recursos para investimento em saúde e educação, e outras ações que fomentam a geração de economia no poder legislativo e executivo.

O Movimento Mais Paracatu e o Observatório Social, são hoje pessoas jurídicas formalizadas e possui um papel importantíssimo na condução politica e econômica do município.

Existe uma preocupação dos dirigentes em não serem “taxados” como um poder paralelo ao executivo e legislativo, pois são entidades apartidárias e que representam unicamente a voz do povo.

Qualquer pessoa sem vinculo partidário pode fazer parte desses movimentos e contribuir com a moralização, conscientização e redução dos gastos públicos.

Por: Valéria Silva

About Inova

Check Also

Untitled-1

Minas Veste Brasil 2017: venha participar com a gente!

Participe do MVB Verão (MINAS VESTE BRASIL), a ser realizado em Divinópolis/MG, nos dias 25 ...